• Bambuí, 12 de Dezembro de 2019

"Estamos chocados" ,afirma padrinho de noivo que morreu no casamento

Foto: Francisco Lourenço/Gazeta de Américo

O infarto fulminante que tirou a vida de Marcelo Teixeira dos Santos, de 35 anos, momentos antes da cerimônia do seu casamento, na noite de sábado (28), em Taubaté (SP), deixou a noiva e os familiares em estado de choque. A informação é de um padrinho do noivo, que estava no local onde Santos passou mal. Morador de Américo Brasiliense (SP), Santos chegou a ser socorrido, mas morreu antes de chegar ao hospital. O corpo foi enterrado nesta segunda-feira (30).

De acordo com Ricardo Francisco da Costa Bento, que era padrinho da cerimônia e também tio de Santos, a vítima era comerciante e trabalhava em Taubaté. Já a noiva reside em São José dos Campos (SP). 

caso aconteceu por volta das 20h, horário marcado para o casamento, na Igreja Matriz da Paróquia Menino Jesus, no bairro Independência. A vítima estava no pátio da paróquia conversando com padrinhos e convidados, quando teve o mal súbito. A noiva ainda estava em um hotel, arrumando-se para a celebração.

"Foi tudo muito rápido. Eu estava a uns 20 metros dele. Vi quando ele cumprimentou as pessoas e depois uma 'rodinha' em volta, já quando passava mal. Foi um infarto fulminante. Estamos chocados até agora", disse o padrinho.

Problema cardíaco
Ainda segundo o familiar, a vítima passava por um tratamento cardíaco, informação que também foi confirmada  pelo padre Renato Marques da Silva, que iria celebrar o matrimônio."Ele já tinha um problema no coração. Acho que com a emoção, como já tinha um problema de saúde, acabou agravando. Tinha acabado a missa, estavam se ajeitando para começar o casamento, foi quando ele passou mal e desmaiou. O pessoal saiu todo para fora da igreja, alguém apareceu com o carro e levou ele para o hospital, mas já chegou lá sem vida", disse o padre Renato Marques da Silva, que iria celebrar o matrimônio.

No Pronto-Socorro, os médicos ainda tentaram renimar Santos por mais de uma hora, mas não houve êxito. Segundo o padre, ele e a noiva moravam junto há cerca de dois anos e estavam ansiosos pela cerimônia.

"Os via sempre na missa, conversamos bastante nas entrevistas para o casamento - que é quando a gente vê como está o casal, a motivação para o casamentos. Eles eram um casal com muitos planos, já pensavam em construir a família, ter filhos", afirmou o padre.

No atestado de óbito, a causa da morte é apontada como infarto agudo. O corpo do noivo foi enterrado na manhã desta segunda-feira (30) no Cemitério Municipal de Américo Brasiliense, cidade em que ele nasceu. O pai da noiva confirmou, por telefone, que a filha está abalada.

Fonte : http://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/noticia/2014/06/estamos-chocados-afirma-padrinho-de-noivo-que-morreu-no-casamento.html


Compartilhe:

COMENTÁRIOS