• Bambuí, 26 de Janeiro de 2022

Motorista perde controle e tomba carreta de algodão na BR-354

A Polícia Militar Rodoviária (PMR) registrou um tombamento de uma carreta na tarde de segunda-feira (29/11) no km 301 da BR-354, no município de Rio Paranaíba. Uma mulher, que era passageira do veículo, sofreu ferimentos leves.

Segundo informações da PMR, após receber informações sobre um tombamento ocorrido no KM 301 da rodovia federal delegada BR 354, município de Rio Paranaíba/MG, os policiais foram até o local e depararam com a combinação de veículos caminhão-trator M. Benz LS 1634 (cor branca) tracionando o semi-reboque SR/NOMA SR3E27 BL (cor branca) tombada para a direita no acostamento do sentido crescente da rodovia.

O acidente obstruiu pouca parte da pista o que não impediu o tráfego dos demais veículos nos dois sentidos. A combinação de veículos estava transportando carga de algodão, cujo produto ficou espalhado pelo acostamento.

O condutor, um homem de 45 anos, relatou que não sofreu ferimentos e a passageira, uma mulher de 36 anos, já estava sendo atendida por uma equipe médica da Prefeitura de Rio Paranaíba. Ela sofreu lesões leves no braço direito e foi encaminhada para o Pronto-Socorro de Rio Paranaíba.

Questionado, o condutor informou que estava se deslocando no sentido Carmo do Paranaíba/MG para Rio Paranaíba/MG e que, durante a curva sinuosa existente no KM 301, escutou um estouro e perdeu o controle da direção do caminhão-trator. Consequentemente, com o peso da carga transportada no semi-reboque, os veículos iniciaram o movimento de tombamento para o lado direito, nada mais podendo ser feito para evitar o sinistro. O motorista acredita que o pneu tenha estourado.

Os policiais constataram que o caminhão-trator possuía diversos pneus em mau estado de conservação e com os limites dos indicadores de profundidade, bem como que o semi-reboque não possuía dois pneus (falta de equipamento obrigatório). Os militares lavraram os devidos autos de infração de trânsito.

Convidado, o condutor aceitou efetuar o teste com o aparelho etilômetro e o resultado foi negativo para a influência de álcool. Ele também não apresentava sinais de uso de qualquer substância psicoativa que determine dependência.

Com a via pública devidamente sinalizada com cones e equipamentos luminosos, os militares orientaram o condutor a realizar os contatos pertinentes, destinados à retirada da carga e posterior remoção dos veículos envolvidos no acidente, vez que estão com os licenciamentos regulares e foram liberados no local.


Compartilhe: