• Bambuí, 26 de Janeiro de 2022

Mulher é detida após xingar presidente Bolsonaro durante evento no Rio de Janeiro

Foto: Clauber Cleber Caetano/PR

Uma mulher de 40 anos foi detida por xingar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), nesse sábado (27). O político estava em Resende, no Rio de Janeiro, onde acompanhou a cerimônia de formatura dos cadetes da Academia Militar das Agulhas Negras. As informações são do G1.

Bolsonaro, antes da formatura, foi até a margem da Via Dutra acenar para motoristas que passavam pelo local. Ele também cumprimentou os policiais rodoviários federais que faziam a segurança dele.

Em determinado momento, uma mulher passou pelo presidente e gritou: “Bolsonaro filho da p*”, conforme informado pela PRF (Polícia Rodoviária Federal). O carro da mulher foi identificado e parado.

Injúria

A mulher foi detida por injúria contra o presidente e conduzida até a Delegacia da PF de Volta Redonda. A PRF esclareceu que a ação dos policiais foi embasada nos artigos 140 e 141 do Código Penal. A pena é prisão de um a três anos e multa.

No caso de ofensas ao presidente da República, a pena é aumentada em um terço. O crime de injúria consiste em atribuir palavras ou qualidades ofensivas a alguém, expor defeitos ou opinião que desqualifique a pessoa, atingindo sua honra e moral.

Um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) foi registrado e a mulher liberada após ter se comprometido a comparecer em juízo, assim que for chamada.


Compartilhe: