• Bambuí, 18 de Janeiro de 2022

Cidade mineira perde 1,8 mil vacinas - inclusive contra COVID - após furto

Foto: Divulgação / Ascom Prefeitura de Passos

A criminalidade prejudicou - diretamente - a saúde pública de toda a cidade de Passos, no Sul de Minas. Ladrões furtaram fios de cobre de uma unidade do Programa Saúde da Família (PSF) no último fim de semana e, com isso, interromperam o fornecimento de energia elétrica, o que resultou na perda de 2 mil vacinas que estavam na geladeira e seriam aplicadas nesta semana. O prédio da Câmara Municipal também foi alvo nessa quarta-feira (3/11).

O caso mais grave ocorreu na unidade de saúde Doutor Fortunato Borsari, localizada na Rua Liquinha Barbosa, no Bairro Penha III. Como o espaço emendou o feriado do Dia de Finados, os funcionários perceberam que a energia elétrica havia sido interrompida apenas ontem (3/11). O PSF estava fechado desde sexta-feira (29/10) à noite.

O padrão de energia foi danificado para que os fios de cobre fossem levados. As 1,8 mil vacinas que estavam conservadas na geladeira foram encontradas ontem em temperatura ambiente e, portanto, sem condições de uso. Desse total, 200 imunizantes eram contra COVID-19.

O PSF ficou fechado nessa quarta-feira para que reparos fossem realizados pela Cemig e voltou a funcionar hoje (4/11). As autoridades não souberam precisar em qual dia houve o furto, mas informaram que prenderam ontem dois suspeitos no Bairro São Francisco - um por ter cometido o furto e outro, por receptação. Com eles, foi encontrado um saco plástico com fiação elétrica.

Eles foram levados para a Delegacia de Polícia, autuados, presos e depois liberados no mesmo dia. 


Compartilhe: