• Bambuí, 22 de Abril de 2021

Ocupação de leitos de UTI públicos e privados de BH ultrapassa 100%

Foto: PBH

Pela primeira vez desde o início da pandemia, a ocupação de leitos de terapia intensiva para atendimento de Covid-19 na rede pública e suplementar de Belo Horizonte chegou a 100,8% nesta sexta-feira (19). 

Além disso, a taxa de uso das vagas de enfermaria também registrou forte alta, passando de 80,3% nessa quinta-feira (18) para 89,7% nesta sexta. Apenas o indicador de transmissão da enfermidade causada pelo coronavírus teve queda, baixando de 1,23% nessa quinta para 1,22% nesta sexta.

Com a taxa RT nesse nível, cada grupo de 100 infectados pela Covid tem o potencial de transmitir a doença, em média, para outras 122 pessoas - o que mostra que o número de casos vai continuar subindo. Os dados fazem parte do boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura de Belo Horizonte.

De acordo com o documento, a ocupação de leitos de UTI Covid da rede suplementar, composta por hospitais particulares e filantrópicos, chegou a 114,4% nesta sexta-feira (19). O sistema conta com 353 vagas exclusivas para atendimento à doença.

Já as 440 unidades de UTI Covid do Sistema Único de Saúde de Belo Horizonte (SUS-BH) têm, nesta sexta, 89,8% de ocupação. O índice sofreu um respiro após a PBH ter criado, nesta semana, 18 novas unidades de UTI. Juntas, as 793 vagas das duas redes registram a ocupação de 100,8%.


Compartilhe:

COMENTÁRIOS