• Bambuí, 06 de Abril de 2020

Grupo bambuiense que retornou do exterior não apresenta sintomas, mas ficará em isolamento por 14 dias

Foto: onlyyouqj/FreePik

Um grupo religioso composto por bambuienses que esteve no continente Europeu, nos últimos, dias retornou para Bambuí neste domingo (22). Quatro pessoas estão sendo acompanhadas pela Secretaria Municipal de Saúde de Bambuí.

Segundo informações do município, ninguém apresentou sintomas de gripe, porém ficarão em isolamento domiciliar por 14 dias.

Uma liminar do Tribunal de Justiça de Minas Gerais prevê que o município pode determinar o isolamento ou quarentena compulsória, na Forma da Lei Federal nº 13.979/20. A Lei também prevê que as pessoas viajantes chegadas do exterior poderão passar por exames médicos, testes laboratoriais, coleta de amostras e vacinação. O descumprimento do isolamento/quarentena acarretará em multa diária de R$10.000,00 (Dez mil).

O município ainda comentou que os 04 bambuienses serão acompanhados por profissionais da saúde.

Segundo a TV Bambuí apurou, as pessoas que integravam o grupo foram abordadas na entrada da cidade, onde uma equipe de saúde aguardava junto com a Polícia Militar. 

As medidas compulsórias da Lei 13.979/20 se aplicam para pessoas que apresentem os sintomas e a decisão judicial divulgada pela prefeitura se aplica a pacientes que se neguem aos exames.

De acordo com uma das famílias consultadas pela TV Bambui nenhuma das pessoas se negou a ficar em isolamento e já haviam entrado em contato com a secretaria de saúde para informar que fariam o isolamento domiciliar voluntário, notificando as autoridades tão logo estivessem em segurança.

Segundo um familiar, a falta de cumprimento do protocolo por parte da Secretaria de Saúde é grave já que os procedimentos não são padronizados e colocam todos em risco. “Foi assim com todas as pessoas que chegaram de viagem?”, questionou.


Compartilhe:

COMENTÁRIOS