TV Bambuí - Bombeiros encontram corpo de jovem que se afogou em uma cachoeira
  • Bambuí, 25 de Maio de 2020

Bombeiros encontram corpo de jovem que se afogou em uma cachoeira

Foto: Fábio Braga

Equipes de mergulhadores do Corpo de Bombeiros encontraram na manhã desta segunda-feira (13), por volta de 6h30, o corpo do jovem Everton Alves dos Santos, de 23 anos, que se afogou nesse domingo (12) no rio Uberaba, em uma cachoeira nas imediações do Instituto Federal do Triângulo Mineiro, em Uberaba/MG.

De acordo com informações, as águas turvas deixaram a visibilidade reduzida a zero, o que obrigou os bombeiros a realizarem varredura submersa apenas com o tato. O corpo estava a uma profundidade de dois metros e, após ser trazido à superfície, foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

O jovem estava na companhia de amigos no local, quando se aproximou de um trecho com aproximadamente três metros de profundidade e acabou se afogando. Possivelmente, tenha ocorrido um fenômeno chamado rebojo (redemoinho que se forma na água e puxa o que está na superfície para o fundo) e o jovem não conseguiu superar a força da água e submergiu.

De acordo com os militares do Corpo de Bombeiros, amigos ainda tentaram socorrer a vítima, mas não conseguiram chegar em tempo de evitar o afogamento.

Evite afogamentos 

De acordo com o Corpo de Bombeiros, para evitar afogamentos e outros acidentes na água é preciso seguir algumas dicas, que são simples. 

Escolha do local para nadar

• Procure um local conhecido por você ou por outra pessoa, desde que ela o acompanhe.

• Não ultrapasse faixas e placas de avisos.

• Não entre em locais onde há avisos de perigo de morte ou em águas poluídas.

• Procure sempre local onde existe a presença de Guarda-Vidas ou o Corpo de Bombeiros. 

Mudança de comportamentos

• Evite nadar sozinho.

• Não tome bebida alcoólica antes de entrar na água.

• Não se afaste da margem.

• Não salte de locais elevados para dentro da água.

• Não tente salvar pessoas em afogamento sem estar devidamente habilitado.

• Prefira lançar flutuadores para salvar pessoas ao invés da ação corpo a corpo.

• Identifique nas proximidades a existência do salva-vidas e permaneça próximo a ele.

• Evite brincadeiras de mau gosto ("caldos", "trotes", "saltos").

• Acate as orientações dos bombeiros ou dos salva-vidas.

• Não abuse se aventurando perigosamente.

• Não deixe as crianças sozinhas.

• Evite navegar com carga em excesso.

• Só deixe entrar na embarcação pessoas usando coletes salva-vidas.

• Somente conduza embarcações se for habilitado para tal. 

Ao ver uma pessoa se afogando:

• Não entre na água para tentar salvar outra pessoa, pois você pode se transformar em mais uma vítima.

• Sem se aproximar da vítima, tente lançar um galho, uma boia, uma corda ou outro objeto para que ela flutue e possa ser puxada até um local seguro.


Compartilhe:

COMENTÁRIOS