• Bambuí, 09 de Dezembro de 2019

Idoso é preso após assassinar a esposa a facadas em Frutal

Um homem, de 65 anos, foi preso em Araraquara fugindo da polícia, após ter assassinado a esposa a facadas em Frutal. O homem contou que a motivação do crime seria por problemas conjugais.

A sobrinha do suspeito, de 36 anos, chamou a Polícia Militar e contou que o tio tinha pedido a ela que fosse até a casa dele, dizendo que ele tinha feito uma “besteira”. Assim que chegou ao imóvel do casal, a testemunha viu a mulher caída no chão ferida.

Testemunhas disseram à polícia que tinham visto o casal chegando em casa e que, depois de alguns minutos, viu o homem sair aparentando nervosismo.

Uma unidade do Corpo de Bombeiros esteve no local e precisou arrombar as portas para socorrer a vítima, porém, ela já estava sem vida.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). A perícia médica esteve no local para realizar os trabalhos de praxe, onde recolheram a faca utilizada no crime.

Após, o crime o homem fugiu da cidade.

Durante as buscas, a PM descobriu que ele pagou R$ 250 para um taxista leva-lo até São José do Rio Preto e que de lá ele pegaria um ônibus para São Paulo (SP).

Em contato com Polícia Militar do Estado de São Paulo, os militares conseguiram interceptar o ônibus e deter o idoso ainda dentro do veículo.

Ele foi apresentado na delegacia de Araraquara (SP) e depois foi conduzido de volta para Frutal, onde o flagrante foi feito.

De acordo com informações da ocorrência, o homem confessou o homicídio, dizendo que a motivação do crime seria por problemas conjugais e que, por causa dessa situação, teria discutido com a esposa, que teria lhe agredido com uma bengala nas costas. O idoso ainda disse que “perdeu a cabeça”, pegou uma faca e atingiu a mulher com vários golpes, fugindo em seguida do local.

A prisão em flagrante foi ratificada e o idoso foi encaminhado ao Presídio de Frutal. O caso é investigado pela Polícia Civil.


Compartilhe:

COMENTÁRIOS