• Bambuí, 10 de Dezembro de 2019

Firmino Júnior: Como vai sua saúde?

Foto: Divulgação

Todo mundo já deve estar cansado de saber minha formação, e como estão cientes, não é medicina. Tendo isso em vista, aviso de antemão que a saúde a qual me refiro no título deste artigo, é a psicológica, a interior, como dizem por aí.  E nesta saúde, como vai você? Já parou para pensar?

Semanas atrás escrevi sobre o tempo em que vivemos e como ele tem nos afetado bem negativamente, em alguns quesitos, claro. Tempos de correria, de loucura, de transtornos, de violência que sem dúvida afetam nosso psicológico. Como tenho notado, as pessoas vivem mais estressadas, o amor tem sido passageiro, as amizades muitas vezes por interesse e o carinho, o afeto, a paciência estão cada vez mais distantes de nós. Isso sem dúvida, afeta a gente e não é pouco. A expectativa de vida cresceu porque tem-se hoje cura para quase tudo, mas e a qualidade que vivemos tanto anos? Será que tem valido a pena?

São muitos questionamentos sem resposta, pois, isso pode trazer à tona as mais variadas opiniões. Mas de um modo geral, acho que posso dizer que a cada dia nossa alma adoece um pouco. Adoece porque não temos mais tempo pra dizer o quanto amamos aquelas pessoas que realmente nos importam ou o quanto elas fazem falta. Adoece porque estamos tão voltados para nós mesmo que esquecemos de olhar ao redor. Adoece porque temos que trabalhar e ganhar muito dinheiro e ter uma vida boa. Aí que está. Será que vida boa não seria uma vida simples e feliz? Mais uma questão para repensar.

Bem, só quero comunicar a você, caro leitor, que a falta de saúde na nossa mente, na nossa alma, mata e mata aos poucos. Machuca quem está por perto e quer nos ajudar. Dessa forma, temos que tentar nos mantermos sempre saudáveis, pois, antes de tudo, temos que gostar e cuidar de nós mesmos para que assim consigamos construir um mundo melhor.

E é isso que eu venho recomendar hoje: Cuide bem da sua saúde! Não só daquela que os médicos sabem analisar com aparelhos, sendo esta também muito importante. Preocupe-se com a sua saúde que vem de dentro pra fora, que faz o seu coração bater mais feliz ou mais triste, que faz você levantar de bom humor ou não. Procure sempre se sentir bem, rir da piada mais boba que seja, abraçar quem você gosta com força, aproveitar seu tempo com quem você ama e, assim, certamente, você estará 100% saudável, sob o meu ponto de vista.

FIRMINO JÚNIOR, bambuiense, é professor na PUC Minas e no Instituto Federal, também jornalista e escritor, tem mestrado na área de Comunicação. Contato: firmino.junior@yahoo.com.br. Colaborou nesta coluna Fernanda Carla de Oliveira.


Compartilhe:

COMENTÁRIOS