• Bambuí, 09 de Dezembro de 2019

Firmino Júnior: Coragem amigo, coragem...

Um dos grandes desafios do ser humano é o de ter coragem. Normalmente a coragem é um sentimento que nos falta em muitas ocasiões: na hora de fazer um negócio, quando vamos decidir o lugar da viagem de férias ou até mesmo no momento em que resolveremos dar o ‘sim’ no altar. Nos falta coragem para dizer não. Nos falta coragem, às vezes, para coisas simples da vida. A propósito, a origem do verbete coragem vem do coração, literalmente... Do Latim coraticum, coragem significou em tempos remotos a palavra coração, porque era relacionado ao órgão da inteligência humana. Quem diria hein? O coração que tanto nos trai do ponto de vista da razão, sendo a parte do corpo humano que assinala a razão. Sempre que alguém se dirige a mim e reclama sua falta de coragem, remeto ao agoniado um ensinamento do Mestre Dalai Lama. Segundo ele só existem dois dias no ano em que nada pode ser feito. Um se chama ontem e o outro se chama amanhã, portanto, hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer e principalmente viver. Hoje é dia de ter coragem! Para se ter coragem, muitas vezes, é preciso se relacionar mais com o presente do que ao passado ou com o futuro. É claro que são dois tempos que devem ser levados em conta, mas eles não estão em nosso controle, ou seja, não podemos fazer muita coisa por eles, principalmente pelo que já passou. Já o futuro, este depende literalmente do presente, mas só será bom, se o momento atual assim o fizer. Ter coragem é ter convicção de que a vida não será resumida por momentos pequenos. Ter coragem é fazer de cada ação e de cada passo nosso de cada dia, se tornar uma grande aventura, atrevida e sedutora. Isso é fascinante. Realizar um ato corajoso faz bem para nosso corpo, alma e mente. Ao se levantar amanhã, diga a você mesmo(a) que este será o dia mais corajoso da sua vida. Faça isso todos os dias. Mas diga com vontade, pra você mesmo, para o seu íntimo, que hoje, você terá coragem de tomar aquela decisão que você vem adiando a muito tempo. Hoje é o dia, não amanhã, nem ontem. O grupo gospel Cantores de Deus tem uma música que retrata bem o que estamos tratando aqui. A canção diz: “É preciso coragem; Jovem coragem; O amor de Deus Tudo pode transformar; É preciso coragem; Jovem coragem; Basta decidir provar Tamanho amor e ser feliz”. E é disso que estou falando. Dizer pra você mesmo que é preciso ter coragem, é o mesmo que dizer isso para Deus, pois ele habita em você, não tenha dúvidas. Mas alerto, é preciso coragem. Coragem de ter coragem. Não é fácil, mas experimentando o amor divino, com certeza, você terá a felicidade que procura, sempre no tempo de Deus. Aliás, o tempo de Deus nem sempre coincide com o nosso, mas não cabe a nós querermos ensinar Deus a ser Deus. Coloque nas mãos dele, faça sua parte e deixe as energias e os bons fluidos agirem tranquilamente. Não se esqueça: “O amor de Deus, tudo pode transformar”. FIRMINO JÚNIOR, bambuiense, é professor na PUC Minas e no Instituto Federal, também jornalista e escritor, tem mestrado na área de Comunicação. Contato: .firmino.junior@yahoo.com.br

Compartilhe:

COMENTÁRIOS