• Bambuí, 09 de Dezembro de 2019

Mulher é vítima do golpe de “falso sequestro” em Araxá

Foto: Priscila Pedroso/TV KZ

Nessa quarta-feira (30), por volta das 18h, a Polícia Militar de Araxá foi acionada primeiramente por uma jovem, de 20 anos, que relatou que sua mãe, de 51 anos, havia ido até uma lotérica para realizar um depósito pois teria sido vítima do golpe do “falso sequestro”.

A Polícia Militar deslocou até a lotérica, onde a funcionária relatou que a vítima esteve no local muito nervosa, querendo realizar um depósito e, ao ser questionada sobre o nervosismo, a vítima dizia estar em contato telefônico com o filho.

Como a funcionária suspeitou de algo errado, não deixou a vítima realizar o depósito. Em contato com a vítima, esta relatou que recebeu uma ligação telefônica no aparelho fixo de casa, onde um homem narrava que sua filha havia sido sequestrada e pedia um resgate via depósito bancário. A vítima então informou ao suposto autor que não dispunha do valor solicitado, tendo o autor insistido e perguntado de quanto ela dispunha. No intuito de tentar convencer a vítima, o autor passou o telefone para uma mulher que simulou ser sua filha, e aos prantos, dizia que foi sequestrada e que eles iriam matá-la, caso não pagasse o resgate.

A vítima então entrou em desespero e saiu para tentar realizar o depósito, porém não obteve êxito devido o autor lhe informar contas inválidas e/ou canceladas.

Diante do insucesso, o autor então solicitou uma recarga de celular, a qual foi realizada pela vítima. Após diversas ameaças e tentativas de extorquir a vítima, o autor desistiu e a vítima se deslocou para sua residência, onde encontrou sua filha, percebendo então se tratar de um golpe.

CONFIRA AS DICAS DA PM PARA NÃO SER VÍTIMA DESTE TIPO DE GOLPE:

Proteja-se contra o falso sequestro

1. Ao receber uma ligação telefônica suspeita não prolongue a conversa e nem repasse dados pessoais seus ou de familiares. Desligue imediatamente e acione a PM, via 190.

2. Entre em contato com quem eles alegam ter sido sequestrado, se possível, através de outro telefone;

3. O falso sequestrador ligará outras vezes, porém não atenda.

4. Procure ter em casa, se possível, um identificador de chamadas;

5. Não receba ligações a cobrar, principalmente quando o interlocutor for desconhecido;

6. Mantenha a calma. Não tome atitudes precipitadas e não atenda a nenhum pedido do suposto sequestrador, pois para pressionar psicologicamente as vítimas, os criminosos imitam vozes e simulam choros;

7.Oriente seus familiares, funcionários e idosos, pois são as vítimas preferidas dos golpistas;

8. Seja esperto e não caia neste GOLPE.


Compartilhe:

COMENTÁRIOS