• Bambuí, 19 de Novembro de 2019

Polícia prende quatro suspeitos de explosão de agência bancária em Nepomuceno

Foto: Reprodução

A polícia de Nepomuceno (MG) prendeu na madrugada desta quinta-feira (10) quatro suspeitos de participação na explosão da agência da Caixa Econômica Federal da cidade. O crime foi na madrugada de terça-feira (8), na unidade do Centro.

Segundo a Polícia Militar, uma denúncia levou até o grupo. O local onde os suspeitos foram presos não foi informado.
Além das prisões, a polícia apreendeu nove armas de calibres 12 e nove milímetros. Os militares também encontraram explosivos não detonados, munições, toucas, luvas e coletes à prova de balas. O Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar de Minas Gerais foi chamado para avaliação do material.

Ainda conforme a polícia, todos são moradores de Nepomuceno e têm passagens por outros crimes.

Explosão
O ataque à agência foi durante a madrugada de terça-feira. Na ação, criminosos pararam em uma das esquinas, onde dispararam vários tiros com armas longas, enquanto outros integrantes do grupo ativaram os explosivos.
Dos três caixas com o artefato, dois foram atingidos. A explosão destruiu os caixas, além de vidros e comprometeu a estrutura da agência.

Não houve feridos. No local, havia cédulas espalhadas, além de duas mochilas com objetos pessoais dos criminosos, um cartão bancário e um aparelho celular.
No mesmo dia, a polícia encontrou dois carros usados na ação. Eles estavam na zona rural de Coqueiral (MG).

A Polícia Militar informou que os carros eram roubados. Um dos veículos era de Campo Belo (MG) e foi levado neste domingo (6). O outro carro era de Divinópolis (MG) e foi furtado no mês de agosto.

Funcionamento
Por nota, a Caixa informou que está contribuindo com as investigações da polícia e que a agência de Nepomuceno segue fechada para manutenção. Os clientes podem procurar atendimento nas agências Lavras (MG) e Perdões (MG), lotéricas e correspondentes da caixa na região.


Compartilhe:

COMENTÁRIOS