• Bambuí, 12 de Novembro de 2019

Irritada com choro, mulher esmaga cabeça de bebê e diz que não se arrepende

Uma jovem de 22 anos foi presa por matar o próprio filho, de um ano de idade, após se irritar com o choro da criança. O caso aconteceu no fim de junho, em Moscou, na Rússia. A polícia local suspeita que a mãe tenha batido a cabeça do filho contra o berço e depois o jogado no chão. A criança teria começado a chorar porque estava com fome

Segundo informações do The Sun, a mulher está em prisão domiciliar, já que ela está grávida de seis meses.

A criança de um ano chegou a ser socorrida depois que o pai, que estava em outro cômodo da casa, ouviu um barulho e foi até o quarto. No local, ele se deparou com o bebê inconsciente e com sangue saindo da boca.

Ele chamou uma ambulância e a criança foi levada às pressas para uma unidade de terapia intensiva, já em coma. Apesar dos esforços para salvá-la, ele morreu uma semana depois de dar entrada no hospital. A perícia indicou que a criança morreu devido a graves ferimentos na cabeça.

A sogra da mulher, avó da criança, disse que conversou com a assassina e ela confessou o crime. “Eu conversei com ela e ela não lamenta o que fez. Ela não se importa que ela tenha matado seu filho”, disse ao jornal.


Compartilhe:

COMENTÁRIOS