• Bambuí, 18 de Agosto de 2019

Reinaugurada a Casa de Acolhimento de Abacaxis

Foto: Reprodução

A Prefeitura de Bambuí dá mais um passo importante para melhorar ainda mais a dignidade dos bambuienses, a reforma e reestruturação da Casa de Acolhimento Benevenuto Resende da Silva, na comunidade de Abacaxis. Ela é uma homenagem ao fundador da Casa para acolher homens que vivem em situação de vulnerabilidade em Bambuí. Os alunos do curso de violão do CRAS fizeram uma apresentação.

A reinauguração da Casa de Acolhimento foi na tarde do dia 2 de julho com a presença do prefeito Olívio Teixeira e do vice-prefeito e secretário Municipal de Assistência Social, Eugênio Bahia. Os dois ressaltaram a importância da iniciativa de Benevenuto, que agora recebe uma atenção especial da administração municipal para resgatar a dignidade dos acolhidos, e lamentam o descaso a que estavam relegados. “Estes homens precisam de carinho, de respeito e de atenção”, afirma Olívio Teixeira.

A reforma da antiga escola dá mais conforto e respeito aos acolhidos, transformando salas de aulas em quartos e até uma enfermaria foi montada. Foram feitos sanitários e banheiros separados e uma varanda para refeição e lazer. Além dos benefícios da reforma, os acolhidos têm toda a atenção da Assistência Social e da Saúde, com ações rotineiras de profissionais cuidando do bem-estar deles.

Segundo Augusto Silva, coordenador da Casa de Acolhimento, a obra (R$ 70 mil) foi realizada com uma parte da curatela de apenas cinco acolhidos, recursos que devem ser usados em benefício deles. Ao saber desta informação o prefeito e o secretário questionam o que foi feito com os recursos nos anos anteriores, uma vez que a casa tinha 15 acolhidos e viviam abandonados. Hoje a Casa tem 10 homens acolhidos.


Compartilhe:

COMENTÁRIOS