• Bambuí, 09 de Dezembro de 2019

Moro chama vazamentos de 'sensacionalismo'; ministro fala a CCJ do Senado, assista

O  ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, usou 20 dos 30 minutos  disponibilizados pela presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Simone Tebet (MDB/MS), para fazer uma exposição inicial, antes de ser dabatinado pelo senadores.

Ele reafirmou que não há ilegalidades nas informações vazadas pelo site Interecept Brasil, revelando supostas conversas entre o então juiz da da 13ª Vara da  Justiça Federal de Curitiba, no Paraná, e o coordenador  da força-tarefa Deltan Dallagnol.


Compartilhe:

COMENTÁRIOS