Notícia

Viatura da PM é incendiada em frente a quartel em cidade mineira

Créditos: EM Publicada em 10/06/2019 às 15:06:25
Foto: WhatsApp/Reprodução

Um grande operação policial foi montada para prender um criminoso que ateou fogo a uma viatura da Polícia Militar (PM), na madrugada desta segunda-feira, em frente ao quartel em Carlos Chagas, na Região do Vale do Mucuri. O veículo foi totalmente destruído pelas chamas. O autor do crime seria um andarilho da cidade suspeito de cometer vários assaltos. A ação teria sido uma retaliação contra a corporação. Militares que estavam no pelotão no momento do incêndio chegaram a desconfiar que o ato teria sido cometido por quadrilhas especializadas a ataques a banco.

Um grande operação policial foi montada para prender um criminoso que ateou fogo a uma viatura da Polícia Militar (PM), na madrugada desta segunda-feira, em frente ao quartel em Carlos Chagas, na Região do Vale do Mucuri. O veículo foi totalmente destruído pelas chamas. O autor do crime seria um andarilho da cidade suspeito de cometer vários assaltos. A ação teria sido uma retaliação contra a corporação. Militares que estavam no pelotão no momento do incêndio chegaram a desconfiar que o ato teria sido cometido por quadrilhas especializadas a ataques a banco. 

A ação ousada do criminoso aconteceu por volta das 1h. De acordo com o cabo Charles Freitas, da PM, os militares foram até o quartel para fazer um lanche. Eles estacionaram a viatura em frente ao pelotão com a frente virada para rua. Os policiais acabaram surpreendidos com o clarão provocado pelo incêndio. 

“O indivíduo se escondeu próximo ao veículo e ateou fogo no pneu dianteiro da viatura. Um militar que fica responsável pelas ligações via 190 avistou um clarão e ouviu um forte estouro, mas não conseguiu ver o suspeito. Primeiro, acreditou que se tratava de uma ação do “Novo Cangaço” (quadrilhas responsáveis por ataques a banco), porém, ao confirmar que não se tratava disso, saiu e viu o suspeito correndo”, explicou o cabo. 

Os outros dois militares que estava no pelotão também saíram e tentaram conter as chamas, mas sem sucesso. “O comandante do pelotão foi acionado e convocou os policiais de folga para tentar prender o autor. Homens de Nanuque também ajudam na operação, mas ainda não foi preso”, explicou. 

Ação em retaliação

O suspeito do crime já é conhecido dos policiais por cometer diversos crimes na cidade. A PM acredita que ele tenha incendiado o veículo em retaliação. “Na última semana fizemos uma grande apreensão de materiais que foram furtados por ele. O autor acabou que não foi preso”, disse Charles  Freitas. 

O autor foi visto comprando combustível em um posto da cidade. Segundo a PM, o galão onde colocou o líquido inflamável foi encontrado pela perícia da Polícia Civil ao lado da viatura.

MG

Veja também

Agência dos correios de pimenta é assaltada

A Agência dos Correios de Pimenta foi assaltado mais uma vez, na manhã desta terç...

16/07/2019

Quatro pessoas são detidas com quase 18kg de maconha em Formiga

Quatro pessoas foram detidas com quase 18 kg de maconha na noite deste domingo (14) no Bairro Ouro V...

16/07/2019

Cavalgada beneficente da Equoterapia em Bambuí

Bambuí terá uma nova Cavalgada Beneficente da Equoterapia, que acontecerá no di...

16/07/2019

MG tem eclipse parcial da Lua nesta terça-feira; confira o horário do fenômeno

Nesta terça-feira (16), a partir das 17h02, todas as regiões de Minas poderão a...

16/07/2019

Acidente entre carros deixa três pessoas feridas na BR-354

Três pessoas ficaram feridas em um acidente envolvendo dois carros na BR-277, na altura do KM ...

16/07/2019

Em Campos Altos, vereadora é presa por desacato à policiais; "fui humilhada", disse a parlamentar

A vereadora Cléia Maria foi presa pela Polícia Militar (PM) neste domingo (15) em Camp...

16/07/2019

Acidente em Lagoa da Prata deixa vítimas em estado grave

 A central de regulação do Samu Oeste recebeu o chamado às 06:25. Logo, fo...

16/07/2019

Ebola: Novo caso em cidade grande da República Democrática do Congo aumenta temor de que doença se espalhe

Para a Organização Mundial de Saúde (OMS), o caso pode ser um "divisor de ...

16/07/2019