• Bambuí, 14 de Outubro de 2019

Francês usa facão para invadir escola em Santa Tereza em busca da enteada e acaba preso

Foto: Reprodução/ Google Street View

Um empreendedor francês foi preso com um facão após tentar invadir uma escola infantil na manhã desta terça-feira (14) no bairro Santa Tereza, na região Leste da capital. A enteada do homem está matriculada no turno da tarde. O caso deve chegar à Polícia Federal.  

De acordo com informações da Polícia Militar, o problema teve início no fim da tarde dessa segunda-feira (13), quando o homem tentou retirar a menina, de 7 anos, descumprindo uma proibição da mãe dada à escola. 

Na ocasião, a avó da criança foi chamada para que a buscasse. Porém, o homem continuou no local e agrediu a senhora com palavras e empurrões. Pais de alunos e funcionários da empresa conseguiram contê-lo. 

No entanto, por volta das 8h30 desta terça, o francês de 45 anos retornou à escola da rua Salinas armado com um facão. Segundo o cabo Daniel, que atuou na ocorrência, a motivação para a nova visita é desconhecida, já que a criança estuda no horário da tarde. 

Ao chegar na escolinha, o francês começou a bater no portão, até abri-lo. Em seguida, não conseguiu passar pela segunda porta. O militar que acompanhou o caso acredita que o homem visualizou a viatura e, com medo, fugiu. Na fuga, entretanto, foi detido e preso. 

O homem foi levado para a Central de Flagrantes (Ceflan) 1, no bairro Floresta, na mesma região. Em seguida, deverá ser encaminhado para a Polícia Civil, que poderá remeter o caso à Polícia Federal por tratar-se de um estrangeiro. 

De acordo com Daniel, o homem cometeu diversos crimes, como ameaça, desacato à guarnição, posse ilegal de arma branca, dano ao patrimônio e dano à viatura policial. 

Batalha judicial

O francês e a brasileira são proprietários de um hostel localizado no mesmo bairro. Segundo relato da mulher à PM, o homem teria expulsado-a do empreendimento, onde moravam. Também segundo ela, o casal estava junto há seis anos, mas estavam separados desde o carnaval deste ano. 


Compartilhe:

COMENTÁRIOS