Notícia

Setembro Amarelo: Especialista explica mitos e verdades sobre o suicídio

Créditos: PORTAL MPA Publicada em 13/09/2018 às 17:09:53

Segundo o primeiro boletim epidemiológico sobre suicídio no Brasil, divulgado pelo Ministério da Saúde, o número de suicídios aumentou 12%, entre 2011 e 2016. Por ano, cerca de 11 mil pessoas tiram a própria vida no país e, por dia, 32 brasileiros são mortos pelo autoextermínio, taxa superior às vítimas da Aids e câncer. Números alarmantes que despertam a atenção para o fato de que o suicídio é um problema de saúde pública e, como tal, deve ser combatido com a prevenção.

De acordo com o coordenador do curso de Psicologia da Faculdade Pitágoras, Carlos Eduardo Rodrigues, uma das frentes para essa prevenção é a desmistificação do assunto junto à população. Para ele, existe um tabu em torno do tema, que o torna um mal silencioso, já que as pessoas fogem do assunto e tendem a ignorá-lo, por medo ou falta de informação, sinais de possíveis suicidas.

“Frequentemente, pessoas que estão pensando em suicídio compartilham seus pensamentos na esperança de que alguém as acolha e as auxilie a reencontrar sentido na existência. Em outras palavras, trata-se de um pedido de ajuda”, explica. Além desse mito de que as pessoas que falam em suicídio não têm a intenção de se matar, Carlos aponta outras falsas colocações que precisam ser desmistificadas:

Mito: a maioria dos suicídios acontecem sem aviso
Verdade: a maioria dos suicídios é precedida por sinais discretos de comportamentos

Mito: a pessoa com propensão ao suicídio está determinada a morrer
Verdade: a pessoa em risco de suicídio apresenta dúvida entre querer viver e querer morrer

Mito: somente pessoas com transtornos mentais cometem suicídio
Verdade: o comportamento suicida é provável quando existe sofrimento intenso, independente de transtornos mentais

Mito: conversar sobre suicídio pode encorajar o ato
Verdade: conversar abertamente pode fazer com que a pessoa se sinta acolhida e tenha oportunidade de receber ajuda

“A maioria das mortes por suicídio são prematuras e podem ser evitadas. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), nove em cada dez casos poderiam ter sido revertidos. Portanto, vamos falar sobre o assunto, vamos derrubar o preconceito em torno do tema, divulgar as ações preventivas e, com isso, salvar vidas”, conclui.

Veja também

Simulação de sexo em show do cantor Ferrugem gera revolta nas redes sociais

Um vídeo com cenas em que uma mulher é agarrada por um homem no palco em um show do ca...

24/09/2018

Prefeito Olívio esclarece demora da obra da rua Santo Antônio

O prefeito Olívio Teixeira esclarece aos bambuienses a situação da obra da rua ...

24/09/2018

Polícia Militar apreende cigarro, tabletes e mudas de maconha em Arcos

Por volta das 10h50 desta sexta (21), durante patrulhamento pelo bairro Nossa Senhora Aparecida, um ...

24/09/2018

Homem usa facão para assaltar farmácia em Campos Altos

Um homem assaltou uma farmácia na manhã de sábado (22) na rua São Jer&oc...

24/09/2018

Acidente com brinquedo em parque de diversões deixa jovem gravemente ferido

O que era para ser lazer se transformou em momentos de pânico em um parque de diversão ...

24/09/2018

Celulares irregulares serão notificados a partir deste domingo

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) inicia neste domingo (23) a noti...

23/09/2018

VIII Exposição Nacional de Orquídeas de Bambuí acontece no final de semana

A VIII Exposição Nacional de Orquídeas de Bambuí acontecerá nos d...

23/09/2018