• Bambuí, 24 de Agosto de 2019

Morre cãozinho que foi descapelado em Pains

Foto: Reprodução
Na manhã desta terça-feira (08), o cãozinho que foi brutalmente torturado na cidade de Pains, veio a óbito.
 
A população e cidades da região estão todos mobilizados com o caso e pedem justiça.
 
Cáthya Goulart, fundadora da ONG Focinho Gelado de Pains e também protetora dos animais, informou que mesmo com a morte do “Pequeno Guerreiro”, a ONG não vai desistir de investigar quem fez essa covardia e vai continuar o trabalho juntamente com o Grupo Unificado de Combate ao Abuso e Maus Tratos aos Animais (Grucam), da Polícia Civil.
 
Em divulgação no Facebook, Cáthya faz seu desabafo sobre a morte do cáo: “Queridos Amigos e todos aqueles que se sensibilizaram com a história do Cãozinho de Pains!!! É com imensa tristeza que comunicamos que o nosso pequeno Guerreirinho não aguentou e faleceu agora pela manhã. Descansou pacificamente de suas dores terrenas, mas foi para a ponte do arco íris de maneira calma e tranquila.
 
Pelo menos nesses quase 3 dias após essa agressão cruel e sem precedentes em nossa amada Pains, ele conheceu o amor, o cuidado e a ternura... Talvez fosse apenas desses momentos que ele estava precisando. Não passará em vão!!! Continuaremos na luta para encontrar o autor desta monstruosidade!!! Deixamos nossos sinceros agradecimentos por todos os compartilhamentos, mensagens de apoio e doações e a certeza de que todos de alguma forma se tornaram parte dessa história.
 
“Os cães são o nosso elo com o Paraíso. Eles não conhecem a maldade, a inveja ou o descontentamento. Sentar-se com um cão ao pé de uma colina numa linda tarde, é voltar ao Éden onde ficar sem fazer nada não era tédio, era paz.”

Compartilhe:

COMENTÁRIOS