Notícia

Dois homens morrem eletrocutados durante evento rural no Triângulo Mineiro

Créditos: OTEMPO Publicada em 15/04/2018 às 19:04:50
Foto: Reprodução

Dois homens morreram e pelo menos outros dois ficaram feridos durante uma festa na Zona Rural de Campina Verde, no Triângulo Mineiro. De acordo com o Corpo de Bombeiros, as vítimas participavam de um evento de laçada de gados na noite desse sábado quando uma forte chuva fez com que uma das tendas montadas no local se soltasse.

Ao tentar segurar na estrutura de metal, os homens foram eletrocutados. Marcelo da Silva, de 45 anos e Marcelo Alves Barbosa, de 28, foram socorridos por amigos que estavam na festa, mas morreram no Pronto Socorro da cidade. Os feridos também foram levados para a unidade de saúde com ferimentos leves.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, algumas vítimas foram socorridas antes da chegada dos militares e ainda não foram identificadas.

De acordo com o boletim de ocorrência, a Cemig e as polícias Militar e Civil estiveram no local e constataram que a estrutura da festa já havia sido desmontada. Os organizadores do evento não foram localizados e o caso ainda será investigado.

Relembre

Tragédias envolvendo a rede elétrica ainda são comuns. No ano de 2011, por exemplo, um acontecimento chocou o país. Durante um pré-carnaval em Bandeira do Sul, no sul do Estado, 16 pessoas morreram e 55 ficaram feridas após serpentinas metalizadas terem sido disparadas na fiação pública. Cerca de 2.500 foliões acompanhavam um trio elétrico durante o momento do acidente. Os atingidos fatalmente tinham entre 13 e 24 anos de idade.

Uma análise realizada por engenheiros elétricos e técnicos do Departamento Municipal de Eletricidade de Poços de Caldas (DME), detectou os riscos apresentados pelo material em contato com a rede elétrica. Na ocasião, artefatos apreendidos pela polícia tinham esse aviso, mas eles estavam escritos em inglês.

O acidente provocou uma grande mudança no Estado. Um ano após a tragédia, a serpentina metálica foi proibida em Minas Gerais. A Lei 20.374 foi sancionada em 9 de agosto de 2012 e passou a valer no dia seguinte, quando foi publicada no Diário Oficial. Caso a norma não seja cumprida, o infrator fica sujeito às penalidades contidas no Código de Defesa do Consumido (CDC).

Veja também

Dois são presos com drogas em Bambuí

A Polícia Militar de Bambuí prendeu na manhã deste sábado (21) dois indi...

21/04/2018

Operação Conjunta da PC e PM de Cláudio prende estelionatário que atuava na cidade e região

Ontem (20), após acompanhamento pela Polícia Civil da atuação de um este...

21/04/2018

No interior de Minas, marido finge próprio sequestro para mulher pagar resgate

Um homem de 40 anos fingiu o próprio sequestro para a mulher pagar o resgate, em Ipatinga, na...

21/04/2018

Carga começa a soltar fumaça e assusta caminhoneiro bambuiense

Um caminhoneiro bambuiense foi pego de surpresa no início da tarde deste sábado (21) q...

21/04/2018

Assembleia de Deus promove congresso UMAPAR para Jovens, em Bambuí

A Igreja Assembleia de Deus promoverá nos dias 21 e 22 de Abril o congresso União da M...

20/04/2018

Jovem tem celular furtado por criminosos em Bambuí

Uma jovem de 22 anos teve seu aparelho celular furtado na noite desta quinta-feira (19) por dois cri...

20/04/2018

Sicoob Credibam promove AGEO com associados

O Sicoob Credibam promoveu na noite desta sexta-feira (20), no Espaço Comemorare, a Assemblei...

20/04/2018

Cruzeiro volta a mostrar pouca força ofensiva, fica no 0 a 0 e segue sem vitória

Pelo clima de decisão que o jogo se apresentava, o Cruzeiro poderia ter saíd...

20/04/2018