Notícia

Meio-irmão de Kim Jong-Un tinha substância mortal no rosto e na roupa

Créditos: AFP Publicada em 11/10/2017 às 19:10:34
Foto: AFP

Os legistas detectaram uma quantidade pequena, mas suficientemente letal, de um agente neurotóxico no rosto e na roupa do meio-irmão do líder norte-coreano, assassinado em fevereiro no aeroporto de Kuala Lumpur, de acordo com a audiência desta terça-feira no julgamento por sua morte.

Kim Jong-Nam tinha 0,2 mg de VX por quilo de massa corporal na pele de seu rosto, muito superior à típica dose letal, afirmou o químico Raja Subramaniam durante o julgamento das duas mulheres acusadas pelo assassinato.

O VX é tão letal que integra a lista da ONU de armas de destruição em massa. Kim morreu pouco depois do ataque, quando o agente neurotóxico atingiu seu sistema nervoso.

A indonésia Siti Aisyah e a vietnamita Thi Huong, acusadas pelo crime, estão sendo julgadas desde a semana passada na Alta Corte de Shah Alam, subúrbio de Kuala Lumpur onde fica o aeroporto.

As duas são acusadas de jogar o veneno no rosto de Kim.

As mulheres foram detidas pouco depois do assassinato do meio-irmão de Kim Jong-Un, que aconteceu em 13 de fevereiro no momento em que ele aguardava o embarque em um voo para Macau.

Raja falou sobre a quantidade de VX que encontrou no rosto de Kim.

Questionado na audiência se era suficiente para matar a vítima, o químico respondei: "Não posso dar uma resposta direta. Com base na concentração estimada, representa 1,4 vez a dose letal".

Também afirmou que foram detectados rastros de VX no casaco da vítima.

Raja indicou na audiência de segunda-feira que a substância mortal também foi encontrada nas roupas das acusadas.

Esta é a primeira prova que vincula diretamente as duas mulheres ao VX, uma variação altamente mortal de gás sarin.

As duas mulheres se declararam inocentes na abertura do julgamento. Ao longo de toda a investigação elas afirmaram que não tinham a intenção de cometer um assassinato e que foram enganadas, pois acreditavam que participariam em um programa de televisão do tipo "pegadinha". Os advogados de defesa afirmam que os culpados são norte-coreanos que conseguiram fugir da Malásia.

A Coreia do Sul acusa o Norte de planejar o assassinato, o que Pyongyang nega. Kim Jong-Nam era muito crítico a respeito do regime norte-coreano e vivia no exílio.

Veja também

Campanha procura voluntários para doar sangue para Sophia Melo, em Bambuí

Está sendo divulgado a 2ª Campanha de Doação de Sangue para à peque...

12/12/2017

E. E. José Alzamora envia comunicado sobre matriculas escolares

Comunicamos que de acordo com o ZONEAMENTO realizado pela secretaria municipal de educaç&atil...

12/12/2017

Bandidos explodem caixa eletrônico do Fórum de Formiga

Pela terceira vez em menos de quatro meses, Formiga volta a ser alvo de bandidos especializados em e...

12/12/2017

Poupadores com direito a pagamento até R$ 5.000 receberão à vista

Poupadores com direito a até R$ 5 mil de pagamento das perdas ocasionadas pelos planos econ&o...

12/12/2017

Quadrilhas explodem cofres em três cidades mineiras na madrugada desta terça

Três cidades do interior de Minas Gerais foram alvo de quadrilhas de assalto a banco na madrug...

12/12/2017

Adolescente que se encontrava desaparecida entra em contato com familiares

Em contato com familiares de Carolina Silva, de 14 anos, moradora do bairro Quintino em Divinó...

12/12/2017

Guilherme de Pádua é ordenado pastor em igreja de Belo Horizonte

Guilherme de Pádua agora é pastor. A estilista mineira Juliana Lacerda, mulher do empr...

12/12/2017

Temporal deixa pelo menos 400 famílias ilhadas em Janaúba

O temporal que atinge Janaúba, no Norte de Minas, desde esse domingo (10), causou inunda&cced...

11/12/2017