Notícia

Em 1996, dinheiro da Saúde foi usado para comprar carne e cerveja

Créditos: Jornal Cidade Lagoa da Prata Publicada em 11/08/2017 às 15:08:00
Foto: Reprodução

A Prefeitura de Lagoa da Prata recebeu, no dia 2 de agosto, uma notificação do Governo do Estado informando que foram encontradas irregularidades na prestação de contas do convênio de número 93/96, firmado pela Secretaria de Estado de Saúde com o município. Em 1996, Lagoa da Prata recebeu R$ 70 mil em recursos do SUS para custear o diagnóstico e a elaboração dos Planos Municipais e Intermunicipais de Saúde. Ocorre que na prestação de contas, os técnicos do governo mineiro encontraram irregularidades cometidas pela Secretaria Municipal de Saúde, na época comandada pelo secretário Locáldio Elizeu Silva. Parte dos recursos do SUS que deveriam ser utilizados na execução do convênio foram gastos na compra de cervejas, refrigerantes, carnes e até coroa de flores, tudo com a autorização do secretário de saúde naquela ocasião.

O Estado de Minas Gerais deu o prazo de 15 dias, a contar do recebimento da notificação, para que Lagoa da Prata devolva o valor recebido na época, atualizado pela taxa Selic. Os R$ 70 mil recebidos em 1996 viraram uma dívida de R$ 1.661.408,32.

Veja também

Criminosos explodem duas agências bancárias em Bambuí

Mais uma vez a população bambuiense ficou chocada com a brutalidade de criminosos que ...

17/10/2017

Quadrilha não conseguiu levar dinheiro de cofres, em Bambuí

A quadrilha que atacou duas agências bancárias na madrugada desta terça-feira (1...

17/10/2017

Acidente deixa uma vítima fatal na MG-050 próximo à Piumhi

Um acidente envolvendo uma Toyota Hilux SW4  de Formiga e uma pick-up Fiat Strada, de Piumhi, d...

17/10/2017

Casa é arrombada e furtada em Piumhi

Uma casa localizada no bairro Jardim Alvorada - Sítio Pâmela foi arrombada e furtada na...

16/10/2017

Vinte veículos são apreendidos na MG-050 em Capitólio

Vinte veículos foram retidos e removidos na rodovia MG-050, na região dos Cânion...

16/10/2017